Ainda há esperança?!

Imagem de world, possible, and quote

Imagem: um mundo melhor é possível

Não sei ao certo o que mais me fascina no mundo do Direito. Se é a possibilidade de lutar por um mundo melhor assegurando que as leis e normas realmente prevaleçam ou se é toda essa utopia (?) de um mundo igualitário, sem preconceitos e tantos outros problemas que assolam o mundo.

Então eu resolvi cursar direito, pois imaginei que nesse curso eu encontraria pessoas com os mesmo ideais que os meus, a mesma vontade de ajudar o próximo, lutando para que ele tenha seu direito reconhecido e lutando para que um dia nós não precisássemos mais lutar por isso, pois as coisas simplesmente seriam como deveriam ser: justas.

Creio que essa tenha sido a minha maior decepção ao entrar no mundo jurídico. De longe, o que menos encontro por aí (pelo menos em relação as pessoas que estudam comigo e com quem, infelizmente, tenho convivido ultimamente). Não nego que isso tenha me tirado um pouco da fé que me restava na humanidade. Sei que essas palavras podem parecer meio duras ou ásperas num primeiro momento, mas cá entro nós (vocês que pensam como eu, óbvio), é a realidade. A cada vez que entro em uma rede social vejo o bombardeio de todos os tipos de mensagens inimagináveis. Não sou uma das pessoas mais religiosas, nem tenho uma religião definida (se é que isso realmente importa), mas vejo tanta gente que se diz religiosa, frequenta sua igreja, lê a bíblia e faz suas orações e ao invés de pregar o amor ao próximo (era isso que Deus/Jesus pregavam, certo?), só sabem pregar o discurso de ódio. E o pior de tudo, é ver que muitas dessas pessoas, são pessoas influentes; seja na televisão, na política ou no fantástico mundo da internet. E me assusta ver a quantidade exorbitante de pessoas que compactuam dos mesmo pensamentos que são por diversas vezes devido a sua ‘crença’ religiosa, falta (e muita) de informação ou simplesmente por não terem uma ‘titica de galinha’ no juízo.

Não sei de onde e nem o motivo de falaram na tal ‘ditadura gay’. Como ousam falar em ditadura gay em um país onde a maioria dos nossos representantes faz parte de uma bancada evangélica que a cada dia, com os seus pensamentos antiquados e preconceituosos, só toma medidas retrógadas em relação a sociedade; onde já se viu proibirem o uso das pílulas do dia seguinte? Do uso do anticoncepcional? Proíbem os métodos contraceptivos, e depois que a mulher engravida e não deseja ter o bebê, condenam o aborto. Sendo que mesmo sendo proibido, é praticado ilegalmente por diversas mulheres que muitas vezes procuram essa alternativa por não terem condições físicas, psicológicas, financeiras ou qualquer outro suporte que precisam em um momento como esse. Se dizem pró-vida, mas são apenas pró-nascimento. Não querem que a mulher aborte, mas o Governo também não dá um suporte digno, educação, saúde, moradia, segurança e outros serviços básicos. Depois a criança cresce em um ambiente completamente desestabilizado, sem uma base familiar e acaba virando um delinquente, desses muitos que essas pessoas vivem dizendo “bandido bom é bandido morto”.

Mas apesar de todas essas pessoas, apesar de tudo que tem acontecido, ainda há esperança. E eu sei disso, quando vejo mulheres e homens lutando a favor do feminismo; pessoas de todos os gêneros lutando pela igualdades dos grupos de minorias como os negros, índios, LGBT, trans, entre outros. É lindo quando vejo essas pessoas enfrentando tudo e todos, ignorando olhares e comentários de reprovação por acreditar numa causa. É simplesmente magnífico quando uma menina já sabe do poder que ela tem e que não deve deixar ninguém no mundo dizer o contrário ou quando um garotinho sabe que não existe essa história de ‘coisas de meninas e coisas de meninos’. Não é uma jornada fácil. É um caminho árduo e que muitas vezes chegamos a pensar em desistir, mas não devemos, pois a nossa missão é conscientizar esse mundo e tentar fazer dele um lugar melhor; não importa se você cursa direito, administração, engenharia ou química. Que você seja homem, mulher, adolescente… O importante é estarmos unidos nessa causa.

Anúncios

#Emmy Awards 2015

Ontem, 20 de Setembro, aconteceu o 67º Emmy Awards que é a premiação anual da Academia de Artes e Ciências Televisivas dos EUA, onde eles elegem as séries, minisséries e telefilmes que mais se destacaram dentro da sua categoria. Game of Thrones e Veep lideraram as premiações de ontem.

Mas agora, vamos para o principal, os looks das convidadas! E como toda premiação que se preze, teve look baphônico e lindo, assim como também teve look que foi “o ó”! Confiram só:

e e2 e3 e4 e5 e6 e7 e8 e9 e10 e11 e12 e13 e14 e15 e16 e17 e18 e19 e20 e21 e22 e23 e24 e25 e26 e27 e28 e29 e30 e31 e32 e33 e34 e35Bom, gostei da maior parte dos looks. Alguns ousados, porém, nada que ficasse exagerado demais! Incrível como a regrinha do ‘preto básico’ sempre funciona e nunca tem erro; Julie Bowen, Kate McKinnon, Julia Louis-Dreyfus e Jamie Lee investiram no pretinho e acertaram muito bem!

Gente, e o tanto que a Lady Gaga fica linda e irreconhecível quando ela se veste ‘normal’. Achei linda, diva e fina! Outra pessoa que fica super diferente sem a peruca loura, é a atriz Lena Headey, a Cersei de GoT. Amei a posta do vestido dela também, super usaria em uma ocasião especial.

Agora toquem as trombetas, por que a rainha Laura Prepon, a Alex de OITNB, lacrou tudo com esse vestido digno de majestade! Essa mulher é simplesmente maravilhosa mia gente. 

Allison Janey, do seriado MOM, também merece aplausos, pois o vestido estava divino! Me empresta miga? Tenho um casório pra ir haha.

E vocês amores, quais gostaram e quais detestaram? Comenta aí! ;*

Postado em Sem categoria

#Trend Alert: Pantacourt

pantacourt-como-usar

Hoje apresento para vocês a pantalona cropped que veio direto do túnel do tempo, dos anos 80, para o verão 2015: a pantacourt!

A peça é bem diferente do que estamos habituadas a ver por aí, pois ela mistura o estilo da pantalona mas com um comprimento bem menor. Se você gostou da peça, cuidado ao usá-la, já que a modelagem foi feita para pessoas mais altas e com pernas mais curtas. As baixinhas, assim como eu, devem optar por looks monocromáticos. Se você se interessou pela peça, confira as dicas de como usá-la!

p p2 p3 p4 p5 p6 p7

Então amadas, gostaram da nova tendência desse verão? Vocês usariam ou passariam? haha

Imagens: Google Imagens
Postado em Sem categoria

#Mão na massa!

Eu sempre sonhei em decorar o meu quarto do meu jeitinho, deixar tudo com a minha cara; mas, devido ao trabalho do meu pai, sempre tivemos uma vida meio nômade, nunca ficamos mais de três ou quatro anos em uma cidade, então nunca pude decorar os quartos que já morei 😦

Quando me mudei pra Palmas – To, pensei: “agora eu decoro meu catinho!”. Também não foi dessa vez, pois só em Palmas, eu morei em seis (6) casas diferentes (parecia karma, quando eu estava me estabilizando no lugar, acontecia algo e eu precisava mudar). Agora que mudei para Imperatriz, sinto que finalmente poderei arrumar meu quartinho (é “inho” mesmo, muito pequeno kkkk) do jeito que quero, pois, segundo meu pai, eu não sairei dessa cidade enquanto não me formar e passar num concurso público kkkk.

Porém, alegria de pobre dura pouco, com essa bendita crise econômica que assola o nosso país, não está sendo fácil sobrar aquela grana para poder reformar e decorar como desejo, maaaaaas como dizem, pobre é bicho criativo, e se você está na mesma situação que eu, vou mostrar dicas super bacanas, fáceis e baratas para mudar o visual do seu cantinho: seja quarto, sala, cozinha, varanda, etc… Confira aí!

c

Tem alguma cômoda antiga, mal trapilha e que não te agrada em nada no seu quarto? Olha que inspiração bacana! Você pinta como desejar e no fundo da gaveta, dá para decorar com papel de parede ou até papel de presente. Eu amei a dica!

Filing cabinet makeover - used epoxy to attach cheap 8x10 frames from walmart, painted entire thing using homemade chalk paint in swiss coffee color, then added new hardware and finished it with minwax paste wax to guard against scuffs and scratches...LOVE!:

Sabe aqueles “gaveteiros” de metal que costumam ser usados em escritórios para guardar documentos? Olha aí que transformação linda! Nem parece aquele objeto feio e sem graça. Dá para usá-lo como criado mudo.

c2

Olha que fofura ♥  Amei essa decoração das gavetas. Dá para fazer com tecido, papel de parede, papel contact e adesivo próprios para decoração!

c3

Sabe aqueles suportes de janelas estilo americano? Achei a ideia maravilhosa! Dá para você decorar como na imagem ou até usar para montar um quadro de fotos diferente. O que acharam?

c4

Sua cama é box e você quer uma cabeceira barata e bonita? Simples! Faça você mesma! Basta um pedaço de madeira MDF do tamanho que desejar e você pode decorar pintando, com tecido ou como sua imaginação mandar.

c5 c6

Sabe aqueles banquinhos que toooodo mundo tem em casa? Que tal decorar eles com tecido ou até mesmo com papel contact? Também dá para decorar aquelas cadeiras que geralmente ficam no jardim!

c7

Quem não tem uma cristaleira que herdou da avó? Haha. Se você tem uma e não sabe o que fazer com ela, aí está a solução do seu problema; basta você customizá-la!

c8

A reutilização de paletes, aqueles caixotes que encontramos em feiras, está super em alta quando o tema é decoração ou customização. Dá para fazer vários móveis e/ou decoração com esse material tão fácil de ser encontrado.

c9

c10 c11

Olha que ideias bacanas para dar uma nova cara para o seu armário de cozinha ou para a sua geladeira! Essas aí foram feitas com papel contact e pela internet você encontra vários modelos legais.

Então, gostaram das ideias? Eu não vejo a hora de começar a colocar a mão na massa e fazer do meu cantinho um lugar mais bonito! *-*

Postado em Sem categoria

#Wishlist de Setembro – especial mês de aniversário

Chanel

Faz um tempinho que não faço uma wishlist aqui né? Então, aproveitando que voltei com o blog e que esse mês é meu aniversário, fiz uma listinha especial com mimos que gostaria de comprar (ou ganhar, quem sabe né? haha). Confiram aí me digam quais os desejos de vocês nesse mês!

w

1 – Porta joias em forma de galhos, apenas U$4,24 no AliExpress

2 – Porta-retratos em forma de árvore para parede, apenas U$18,88 no AliExpress

w2

3 – Kit com 13 mini espelhos, R$90,00 no Elo7

4 – Livro A Garota no Trem, Paula Hawkins, por R$ 20,80 na Saraiva

5 – Livro O Orfanato da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares, Ranson Riggs, por R$31,90 na Saraiva

6 – Batom MAC, Ruby Woo, por R$69,00 na Séphora

w3

7 – Perfume Miss Dior, por R$499,00 na Séphora

8 – Delineador de sobrancelha da Urban Decay, por R$155,00 na Séphora

Gostaram das dicas meninas? Mês que vem tem mais! Quem quiser me dar algum desses de presente, eu amaria receber haha ;*

Postado em Sem categoria

#Mudanças e fases

Tem momentos na vida que a gente simplesmente cansa. Não importa sobre o que seja ou sobre quem seja, a gente cansa e pronto, ponto final. Digamos que eu esteja passando por esse momento.

Cheguei a esta conclusão quando me vi chamando a turma para sair, pela simples força do hábito. Na verdade, eu não estava com nenhuma vontade de levantar da cama, tirar meu pijama, vestir uma roupa e colocar um sorriso amigável no rosto. Não estava a fim de fingir risos e sorrisos para as mesmas velhas histórias de sempre, que por mais que sejam novas, me parecem sempre as mesmas. Mas eu fui, afinal, talvez eu até me divertisse um pouco.

A cada hora que eu passava perto daquelas pessoas, que há alguns meses atrás eu adorava a companhia, parecia uma eternidade. A noite parecia não ter fim e a única coisa que eu queria era o meu trio favorito: cama, edredom e travesseiro. Eu não estava cansada fisicamente, meu cansaço era psicológico e mental.

Eu não estava com paciência para a história engraçadinha do final de semana passado do meu amigo, e muito menos paciência para o papinho furado do carinha ao lado que tentava me impressionar. Eu simplesmente não queria estar ali. Me sentia sufocada, entediada e com vontade de sair correndo e gritando direto para a minha casa.

Não é a primeira vez que fico assim, já passei por esse momento algumas outras vezes na minha vida e, sinceramente, nunca soube lidar com ele. Sou uma pessoa ativa e extrovertida, gosto de sair com meus amigos e curtir, nunca fui de ficar muito tempo em casa. Mas sempre que fico assim, cansada das coisas, algo muda. E particularmente, eu sou um pouco receosa com mudanças, por mais que elas insistam em acontecer na minha vida. Às vezes eu só gostaria de poder deixar as coisas como elas eram antes. Mudanças podem ser magníficas, como também podem ser decepcionantes.

Inspire-se: Thaila Ayala!

Se tem uma coisa que mulher adora, é se inspirar em alguma famosa. Seja nas roupas, no calçado, no corte de cabelo, na cor do cabelo, no esmalte da unha e até quem se inspire na hora de fazer uma tatuagem. E hoje eu resolvi trazer uma inspiração lynda, ryca, magra e talentosíssima haha, com vocês, Thaila Ayala!

Thaila Ayala é brasileira, nascida em Presidente Prudente, tem 29 anos, seu signo é áries (vish, treta kkk); a moça é atriz e modelo e teve sua estreia na televisão em 2006. Dona de um corpo de fazer inveja em qualquer uma, Thaila ainda por cima coleciona boys magia no seu “currículo“. Apresentações a parte, agora vamos ao que interessa, os looks da moça. Thaila sabe bem como fazer a linha do ‘sexy sem ser vulgar’, a gata arrasa por onde passa!

look

t t2 t3 t4 t5 t6

A gata sabe como ficar linda ate de disco pants (calça que particularmente, eu não gosto). look2

t7 t8 t9 t10

É meninas, a bixa é destruidora mesmo!

E um CORPO é um CORPO!

Gostaram da inspiração? Tem alguma famosa que vocês admiram? Conta pra mim! ;*

Postado em Sem categoria

#Inspiração para festa de aniversário: tema vintage

Feliz aniversário para o Joaquim: Feliz aniversário para o Joaquim

Para quem não sabe, meu aniversário é dia 27 de setembro, o mês mais lindo de todos! E em setembro também é mês primaveril; não sei vocês, mas flores me lembram muito um tema que adoro, que é o tema vintage. Eu estava pensando em fazer a minha festa de aniversário no estilo vintage e para quem também gosta do tema, vou deixar algumas inspirações para vocês. Confiram aí no post.

Lembrancinhas e Festas: Decoração de festa com um toque Vintage: Lembrancinhas e Festas: Decoração de festa com um toque Vintage

Achei essa decoração muito fofa. Simples, porém bonita. Perfeita para aniversários de 15 anos para cima!

vi

vi2 vi4

vi3

Decoração de festa circo vintage.: Decoração de festa circo vintage.

E para uma boa e verdadeira festa no tema vintage, você precisa caprichar nos mínimos detalhes…

vi5 vi6

Se o aniversário foi pra alguma adolescente/jovem/adulta, vale super apena investir em flores (oi primavera!). E o melhor de tudo é que você mesmo pode montar a decoração. Sabe aqueles potinhos de maionese que acabamos jogando fora? Pois é, basta comprar alguns tecidos, pedrinhas ou tinta e decorar conforme você desejar! Dá para fazer vasinhos de vários tamanhos e colocar como decoração na mesa do bolo ou como centro de mesa/lembrancinha na mesa dos convidados.

vi7 vi8

E caso a festa seja infantil, melhor ainda, dá para soltar a imaginação sem medo de errar… Olha essas quatro dicas super bacanas e fácies de fazer:

  1. Sorvete de balão – basta você comprar uma cartolina marrom ou papel madeira, fazer um cone e colar no balão, está pronto o seu sorvetão!
  2. Potes de chocolate – esses potinhos são baratinhos e você encontra em qualquer casa de festas da cidade, aí é só rechear com o doce que você preferir. Para fazer a pipa, basta você usar recortes de cores diferentes e fica lindo.
  3. Barquinhos de papel – achei uma das mais criativas e fofas! Basta você comprar papel colorido ou você mesma pode colorir, fazer o barquinho de papel e rechear com doces. Fica ótimo como centro de mesa.
  4. Garrafinhas personalizadas – as garrafinhas também são fáceis de comprar e baratas. No seu computador mesmo, com a ajuda de algum editor de imagens, você cria uma imagem com a letra do seu baby, imprime e cola!

Aniversário sem bolo, não é aniversário! Vejam esses bolos magníficos, que de tão lindos, acho que eu teria pena de comer haha

vi9 vi10 vi11 vi12 vi13

Fiquei completamente encantada por esses bolos!

E as dicas não param por aqui, vou mostrar mais algumas inspirações lindas.

vi14 vi15

Pequenos detalhes que fazem a diferença.

vi16

Modelos de convites super fofos. Na internet você encontra muitos estilos de graça, pronto para serem impressos.

Olha que bacana, dá para imprimir e fazer de adesivo para colar em copos, cupcakes e etc.

Festa dos brinqurdos: Festa dos brinqurdos

vi17 vi18 vi19

Gostaram das dicas meninas? Já fizeram uma festa nesse estilo? Diz aí nos comentários pra mim! ;*

Imagens via Pinterest e Google.

Postado em Sem categoria

O que anda rolando na telinha…

Olá amores, voltei! Hoje vou estrear uma tag nova: “O que anda rolando na telinha”. Através dessa tag ficarei atualizando e informando vocês sobre os seriados e filmes que ando assistindo ultimamente. Gostaram da ideia? 😀

Sense8

Sense8 é um seriado original da Netflix que conta a história de oito pessoas em diferentes partes do mundo que passam a poder se comunicarem e fazer uma espécie de “viagem astral” através da mente. Os primeiros episódios são um pouco complicados, mas depois comecei a me fascinar pela história e em dois dias já havia assistido toda a primeira temporada, que já está disponível na Netflix e já estou super ansiosa pela segunda temporada, que ainda não tem data prevista 😦

Orange is the New Black

Orange is the New Black ou OITNB também é uma série original da Netflix. A série conta a história real de Piper Chapman, que teve sua vida virada de cabeça para baixo depois que foi julgada e condenada a prisão por tráfico de drogas que ela cometeu no passado. É uma série que junta drama e comédia na medida certa e tem sido a queridinha do público da Netflix. A série já tem 3 temporadas e todas atualizadas na Netflix!

Dexter

Eu sempre gostei de filmes ou seriados que envolvessem qualquer ação policial e acho mais fantástico ainda quando falam sobre psicopatas ou qualquer outro tipo de distúrbio mental. Dexter é o protagonista principal do seriado, um especialista forense em amostras de sangue, que trabalha para o Departamento de Polícia de Miami e possui um segredo obscuro de quem deve esconder de todos: ele é um serial killer. Mas é diferente dos demais, pois ele só mata os bandidos que a polícia não é capaz de prender. A série tem 8 temporadas e apesar de já ter acabado, vale muito a pena assistir!

Game of Thrones

Fazer uma série se baseando na Idade Média e com uma super produção, não é fácil. E além de ter tudo isso, ainda ter uma boa história pra contar… É por esses detalhes que GoT encanta a todos! Game of Thrones foi criado inspirado nos livros de George R. R. Martin, As Crônicas de Gelo e Fogo. GoT sabe como fascinar os fãs com suas intrigas e lutas pelo poder do Trono de Ferro. A série já tem 5 temporadas e logo terá o retorno com a sexta!

The Walking Dead

TWD se passa no mundo após um apocalipse zumbie e é baseada em uma série de quadrinhos criada por Robert Kirkman. No seriado a maioria da população foi infectada por um vírus misterioso que torna as pessoas zumbies. Os poucos sobreviventes precisam se unir e começar uma verdadeira luta pela sobrevivência, lutando tanto contra os mortos-vivos como contra outros seres humanos. O grupo é liderado por Rick Grimes (Andrew Lincoln), um policial que acordou sozinho em um hospital cercado por zumbies.

Narcos

Narcos é uma das séries mais recentes, foi lançada pela Netflix dia 28/08/15 e conta sobre a vida do traficante colombiano Pablo Escobar, que é interpretados pelo talentosíssimo Wagner Moura. A trama se passa na década de 80 e retrata como foi a chegada da cocaína no mercado internacional e a luta pelo combate ao tráfico.

Bom amores, é isso! Espero que gostem das dicas e se você já assistiu alguma dessas séries, comenta aí. Se você tiver sugestões para a próxima tag, deixe nos comentários também!

selo

Postado em Sem categoria

Nota de esclarecimento e carta de desabafo para o leitor

Tumblr

Para quem já acompanhou esse blog antes (ta, eu sei que estou muuuito sumida), já devem saber um pouco sobre a minha vida – na verdade, devem saber até demais haha -, só que o que poucas pessoas sabem, eu acho, é sobre a minha paixão pelo mundo jurídico. Desde pequena me via tentando apaziguar situações, mediar conflitos. Talvez isso tenha um pouco a ver com o meu signo, Libra, o signo da justiça – não que eu acredite totalmente em horóscopos, mas as vezes é bom acreditar que algo sobrenatural rege a cima de nós.

Lembro de assistir filmes que se passavam no âmbito jurídico e ficar completamente encantada pela atuação do juiz, advogado, promotor e até da investigação policial. Sempre gostei de filmes e seriados desse gênero. Mas o tempo vai passando, você vai crescendo, e por mais que algumas coisas não mudem, muitas outras não seguem o percurso que você gostaria que tomassem. Foi o que aconteceu comigo.

Cresci querendo cursar direito, me formar, passar no exame da Ordem e me tornar uma excelente advogada. Os anos passaram, muitas coisas mudaram e por um vacilo do destino, quando realmente tive que escolher o que cursar, me vi optando pela engenharia, o assombroso mundo das exatas.

Mudei para Palmas – To e adentrei no mundo caótico de uma universidade federal. No começo eu estava amando! Abria a boca com orgulho para poder dizer que estudava em uma federal – e meus pais mais orgulhosos ainda. Bastou chegar o resultado dos primeiros exames para todo aquele mundo de ilusão desmoronar. A realidade batia a minha porta e eu tinha que abrir. Aquilo definitivamente não era para mim, eu não havia nascido para passar horas calculando vetores, derivando e integrando. Mas eu sou brasileira, e como uma boa patriota, eu não iria desistir não fácil, não poderia dar o braço a torcer. E nessa de querer ser orgulhosa, passei dois anos (quatro períodos) empurrando um curso com a barriga – que nesse momento eu já odiava com todas as minhas forças.

Dizem que “há males que vem para o bem”, pois bem, preciso concordar. Depois de alguns momentos devastadores para o meu psicológico, eu decidi que era hora de mudar, que eu não poderia mais continuar naquela situação, era o meu bem físico e psíquico que estava em jogo. Então criei coragem, chutei o balde, larguei a engenharia, a UFT e Palmas (que eu tanto amava), para começar a cursar Direito (que eu sempre amei).

Desde o dia dessa decisão, já se passou um ano e alguns dias. E apesar de agora estar cursando o que realmente gosto e faço com vontade, ainda estou em um singelo processo de adaptação com o curso, com a nova cidade que estou morando (Imperatriz – Ma), com as pessoas que estou convivendo e com toda essa nova mudança que ocorreu em minha vida em menos de um ano – isso é assunto para um outro texto.

Enfim, não sei se essa será a volta definitiva do blog (espero que sim), mas eu precisava – e muito – colocar para fora tudo isso que eu não consigo desabafando com alguém.