#Modelo invejável de perfeição.

20080926195140

Era verdade que levava até as ultimas conseqüências muitas coisas em minha  vida, mas só o que não era importante – como prolongar brigas que um pedido de desculpas resolveria, ou deixar de ligar para um homem que estava apaixonada, por achar que aquela relação não iria me levar a nada.  Fui intransigente justamente naquilo mais fácil: mostrar que minha força e indiferença, na verdade não passava de uma  mulher frágil.

Conseguia passar a aparência da mulher independente, quando necessitava desesperadamente de uma companhia. Chegava nos lugares e todos me olhavam, mas geralmente terminava a noite sozinha , em meu quarto. Dava a todos os meus amigos a impressão de ser o modelo que todos eles deveriam invejar – gastando todas as minhas energias tentando manter essa imagem.

Por causa disso, nunca me sobrava forças para ser eu mesma – uma pessoa que, como todas as outras do mundo, necessitava dos outros para ser feliz. Mas os outros eram tão difíceis! Tinham reações imprevisíveis, vivam cercados de defesas, comportavam-se como eu, mostrando indiferença a tudo. Quando chegava alguém mais aberto para a vida, ou o rejeitava imediatamente ou o fazia sofrer, considerando-o inferior e “ingênuo”.

Podia ter impressionado muita gente com sua atuação, mas onde havia chegado? No fundo do poço, na escuridão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s