#Paralelismo dentro de mim

5677049917_1574ece935_z_large

Depois de algum tempo e alguns fatos – e atos – percebi como as coisas funcionam e que querer nem sempre é poder. Criei meu próprio mundo. Não, não estou falando de egoísmo ou egocentrismo, até por que me considero uma pessoa generosa até demais e meu ego nunca foi tão forte assim.

É só que de alguma maneira, de uns tempos pra cá, as coisas já não conseguem me atingir tão fácil assim. A ilusão não vem mais depois de um beijo, as pernas já não tremem durante e depois de uma ligação. Mas eu ainda sinto, só que agora eu aprendi, agora é tudo muito superficial.

Meus pensamentos ainda correm soltos pelo meu corpo, mas não se atrevem mais a sair pela minha boca. Uma espécie de limitação que criei, para não parecer mais tão ingênua e frágil. Para não precisar mais passar noites em claro.

No meu mundo posso ter o que eu quiser e quando quiser. Sem hora para ir ou para voltar, sem explicações, sem preocupação, sem desilusão.  Meus desejos sempre se tornam realidade e meus sonhos só existem na hora de dormir.

É um mundo paralelo, um mundo dentro de mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s